domingo, 4 de agosto de 2019

Livro de Lisuarte de Abreu (1) Retratos dos governadores

O livro de Lisuarte de Abreu (que foi aqui trazido por David Jorge), tem algumas ilustrações únicas do que nos resta do período dos descobrimentos. Apesar da qualidade dos desenhos, por comparação a outros, a escrita é de tal forma caótica e disléxica, que se diria péssima cópia de analfabeto. Prova disso é ver-se escrito RBI em vez de REI ou LORO em vez de LOPO, entre muitos outros erros...
Teria sido encomenda a algum artista indiano? 
Um dos interesses deste livro é que permite identificar retratos dos primeiros governadores da Índia portuguesa, associando os seus brazões.

O tema ficaria por aqui, mas há um pequeno problema... que é apresentado numa tese de mestrado da Univ. Católica do Porto, de Ana Teresa Teves Reis:

A Galeria dos Vice-Reis e Governadores da India Portuguesa:
percurso para a definição de uma metodologia de intervenção

Ao que parece no decurso de obras de restauro dos quadros existentes na Galeria dos Vice-Reis e Governadores, surgiu um pequeno problema... Atrás das longas barbas brancas de Afonso de Albuquerque, estava um retrato com barbas castanhas e mais curtas! - De quem?
Imagem e legenda retirada da tese de mestrado de Teresa Teves Reis.

A autora da tese cita uma carta trocada a este propósito (no final dos anos 50, entre o Dr. João Couto e o General Luís de Pina):
"Levantou-se agora uma dificuldade. Vicissitudes do restauro modificaram o primitivo aspecto do retratado e o Afonso de Albuquerque vindo de Goa ficou sem as imponentes barbas brancas com que estava representado na pintura inicial. Várias pessoas, entre elas o nosso Ministro da Educação Nacional [na altura Francisco de Paula Leite Pinto], não pode suportar um Afonso de Albuquerque sem as clássicas barbas brancas. Ora sucede que se supõe ter havido um troca nos retratos restaurados na India e por isso a Agência Geral das Colónias mandou vir a pintura que representa o Governador Soares de Albergaria, decisão que talvez solucione o assunto. O que pensa o meu amigo desta trapalhada? É difícil para si responder sem as muitas radiografias e fotografias que se fizeram dos vários estratos da pintura que na oficina se tratou."
Continuamos com as palavras da autora da tese:
Como durante a intervenção no painel de Afonso de Albuquerque foi descoberto o brasão dos Albergaria numa das camadas subjacentes, o próprio Ministro da Educação Nacional e o Ministro do Ultramar ordenam a vinda do retrato de Lopo Soares de Albergaria numa tentativa de confirmar se efetivamente houvera troca de quadros. O levantamento da repintura nesse painel revela uma outra personagem que se encontrava sob a figura de Lopo Soares de Albergaria, que afinal não era outro Afonso de Albuquerque, mas sim D. Francisco de Mascarenhas, agravando-se a complexidade da situação.
Portanto, já sabíamos da facilidade com que os restauradores e os seus restauros, podem transformar um personagem num outro completamente diferente. Neste caso, trocar Lopo Soares com Afonso de Albuquerque, é uma brincadeira como trocar as caras em rivalidades com 500 anos de historietas, entre Câmaras e Albuquerques.
Os retratos mencionados estavam no Palácio dos Governadores em Pangim.

_______________________________________________
Governadores da Índia portuguesa


Passemos assim à lista dos retratos constantes no livro de Lisuarte de Abreu, sem saber se estes mesmos retratos foram também retocados ou não... pelo menos o aspecto de Afonso de Albuquerque lá se mantém com as longas barbas brancas, e o de Lopo Soares não estará muito diferente.

1505: Francisco de Almeida (DÕ FRACISCO DALMEIDA VISO REI)
1509: Afonso de Albuquerque (AFOMÇO DALBVQVERQVE GOVERNADOR)
1515: Lopo Soares de Albergaria (LORO SOARES GOVERNADOR)
1518: Diogo Lopes de Sequeira (DIOGO LOPES DE SIQEIRA GOVERNADOR)

------------------------

1522: Duarte de Meneses (DÕ DVARTE DE MENESE GOVERNADOR)
1524: Vasco da Gama (DÕ VASCO DA GAMA VISO REI E COMDE)
1524: Henrique de Meneses (DÕ AMRIQVE DE MENESES GOVERNADOR) 
1526: Lopo Vaz de Sampaio (LOPO VAS DE SAPAIIO GOVERNADOR)

------------------------

1529: Nuno da Cunha (NVNO DA CVNHA GOVERNADOR)
1538: Garcia de Noronha (DÕ GARÇIA DE NORONH VISO REI)
1540: Estevão da Gama (DÕ ESTEVAM DA GAMA GOVERNADOR) 
1542: Martim Afonso de Sousa (MARTI AFO DE SOUSA GOVERNADOR)
------------------------

1545: João de Castro (DÕ IOAM DE CRASTO GOVERNADOR E VSOREI)
1548: Garcia de Sá (GARÇIA DE SA GOVERNADOR)
1549: Jorge Cabral (JORGE CABAR GOVERNADOR) 
1550: Afonso de Noronha (DÕ AO [VISOREI] FO DO MARQES DE VILA REALL)
------------------------

1554: Pedro Mascarenhas (DÕ PEDRO VISO RBI)
1555: Francisco Barreto (FRCO BARETO GOVERNADOR)
1558: Constantino de Bragança (DÕ COSTAMTINO VISO REI) 

Sem comentários:

Publicar um comentário